março 31, 2009

Aula teórica - 21h


Hoje, voltamos a ter mais uma aula do programa do curso básico.



O tema de hoje é O SwáSthya Yôga. Vamos aprender a escrever SwáSthya em dêvanágari, como se pronuncia, a sua tradução em sânscrito e em hindi, a sua definição formal e muito mais!!



Até logo!




março 30, 2009

Pré-Yôga

Muitas são as pessoas que nos têm vindo perguntar em que consistem as aulas de pré-Yôga, pois muito bem, aqui vai a descrição:

Pré-Yôga

É o estágio preliminar, obrigatório antes do interessado ter acesso ao Yôga propriamente dito. Deve permanecer no Pré-Yôga apenas um mês (ou, no máximo, três, a critério do seu instrutor), a menos que seu objetivo seja unicamente o de dedicar-se a uma técnica biológica e não queira de maneira nenhuma praticar Yôga. Nesse caso, vai trabalhar exclusivamente o corpo, com efeitos imediatos, intensos e de larga duração. Desenvolve a flexibilidade, a vitalidade, o tônus muscular e a saúde como um todo. Tem uma proposta descomplicada, sem filosofia, sem compromissos, sem sânscrito. Consiste em técnicas biológicas sem cansaço, baseadas em movimentos conscientes, sem repetição, que atuam prioritariamente em três áreas:

1) Flexibilidade – esta compreende o alongamento muscular e a flexibilização articular, pois o alongamento só actua no âmbito muscular; contudo, se queremos conquistar uma boa flexibilidade, precisamos aumentar o ângulo de amplitude das articulações.

2) Tônus muscular – visa ao aumento de força, à definição da musculatura e ao enrijecimento dos tecidos, sem comprometer a flexibilidade.

3) Vitalidade – ao realizar um trabalho continuado e gradual que promove profundas mudanças na vascularização da massa muscular, reforçadas pelo aumento de oxigenação celular e a redução do stress, o resultado é uma sensação de bem estar, boa disposição, alegria de viver e incremento na saúde de todos os tecidos e órgãos do corpo.

Extraído do livro Faça Yôga antes que você precise, DeRose.

Boas práticas!!!

março 27, 2009

Para praticar em casa

Para praticar em casa

Incremente a sua evolução praticando também em casa!

Quando não puder frequentar as aulas regulares na escola, utilize um dos nossos CDs para praticar em casa. É uma opção prática e bastante útil para o seu treino.

Dicas de CDs e DVDs que pode utilizar:

Relax – reprogramação emocional: 40 minutos de indução da prática de descontração e relaxamento profundo com ordens mentais para beneficiar a saúde, desenvolvimento interior, obter maior produtividade no trabalho, etc.

Prática Básica - Uma aula completa de SwáSthya Yôga com 84 exercícios que abrangem técnicas corporais, respiratórios, relaxamentos, mantras, meditação, mudrás e pújás com a descrição pormenorizada para permitir perfeita compreensão ao iniciante.

Desenvolva sua mente: cerca de 30 minutos de indução de prática denominada intronáutica, com técnicas para desenvolvimento de mentalização, concentração e meditação.
Agora basta escolher e praticar!

Para download gratuito destes e outros CDs, aceda a www.uni-yoga.org

março 26, 2009

março 23, 2009

Nova Crónica!


Homem: Ser racional ou emocional?

Aposto que o leitor já encontrou a resposta a esta pergunta, e sente não ter dúvida alguma quanto à incerteza que a questão parece colocar, mas peço-lhe que não vá atrás do 1º impulso e procure a resposta em si, quando chegar ao final deste texto.

Para começar, vamos estabelecer ordem na casa e descrever as diferentes formas de acção do homem. Através da sua estrutura física e orgânica, criamos uma ponte de ligação e comunicação com o mundo que nos rodeia. É, inclusive essa a nossa 1ª forma de aprendizagem, desenvolvida a partir da acção simplificada dos nossos sentidos. Eles captam a informação vinda do exterior, interpretam-na e veiculam-na no corpo sob a forma de conhecimento para que possa ser armazenada na nossa memória, a fim de que seja utilizada no futuro. Vamos desta forma, compreendendo o mundo à nossa volta e desenvolvendo ferramentas de adaptabilidade.
Segue-se a estrutura emocional. Matéria subtil e imperceptível em forma, mas marcadamente presente me tudo o que fazemos. É o espaço contido entre a sensação, veiculada pelos sentidos, e o pensamento, acto de compreensão. Sendo uma estrutura tão volátil, em tamanha transformação constante, torna-se difícil definir se surge como causa ou consequência de um determinado acto, seja ele físico ou mental. Será a emoção que nos leva a agir, que nos faz pensar, ou será meramente uma causa desses dois processos?
E, por último, temos a estrutura mental ou racional ( deixo para uma outra ocasião a possibilidade de desmentir se são apenas estas as estruturas do Homem ). Esta estrutura é a responsável pela nossa apetência em relacionar espaço e tempo, possui a memória, o cálculo, a lógica e outras estruturas que por certo identificam.
Agora que temos revisto o universo do nosso corpo, vamos responder à questão colocada em cima. O Homem despende todo o seu tempo na perseguição de uma emoção, a felicidade, vive talvez sem nunca se sentir pleno nesse processo, e porquê? Porque gere toda a sua vida, toma todas as suas decisões pela razão. O impulso que o levou a responder imediatamente em cima, não é usado nas encruzilhadas diárias, e com isso compromete o alcançar da meta que traçou.
Na sua natureza, o Homem é mais do que emocional, é mais do que mental, mas para que compreenda tudo isso, tem que dar mais ouvidos à emoção.
“ Não espere o seu corpo gritar em desespero, ouça-o quando ele sussurra.”

março 19, 2009

A obra de Yôga mais completa de todas

O Tratado de Yôga
A obra conta com mais de 200 intervenções, melhorias e acréscimos ao anterior livro "Faça Yôga". Substituímos o arquivo das duas mil, cento e dezesseis fotos de ásanas por um novo com melhor definição, inserimos mais fotos diversas, revisamos o texto, acrescentamos notas de rodapé, insertamos mais informações e instruções onde havia espaço disponível. Aprimoramos alguns parágrafos, melhoramos algumas respostas do teste de aproveitamento, atualizamos a bibliografia indicada, bem como a História do Yôga no Brasil, aperfeiçoamos a capa a fim de torná-la mais elegante e o título mais legível e, finalmente, não pudemos deixar de inserir 30 páginas novas.

março 16, 2009

Mestre DeRose em Lisboa


Caro aluno, é já em Abril que o Mestre DeRose regressa ao nosso país, desta feita à cidade de Lisboa. Este é um dos pontos altos do ano, pois recebemos em nossa casa o sistematizador do Yôga Antigo.


Programa:


  • Dia 17 de Abril, Sexta-feira:Lançamento do livro Tratado de Yôga, do Mestre DeRose, a obra de Yôga mais completa do mundo.

  • Dia 18 de Abril, Sábado, às 15h, na Universidade Lusófona:Curso "A Árvore do Yôga: suas raízes e seus ramos", para alunos e Instrutores.

  • Dia 19 de Abril, Domingo, às 15h, no Espaço Lifestyle:Curso "Sucesso na Profissão", só para Instrutores.

  • Dia 20 de Abril, Segunda-feira, às 15h, no Espaço Lifestyle:Curso "Ásana para Coreografias", para alunos e Instrutores.Marque já as datas na sua agenda e programe-se para fazer da vinda do Mestre uma festa.

março 14, 2009

1ª Crónica escrita pelo nosso Director! :)


Qualidade de vida

Este é um tema bastante actual, e do qual todos sentem ter uma opinião perfeitamente fundamentada sobre o que é. Mas, por mais cientes que possamos estar sobre a definição deste conceito, será que nos permitimos a usufruir do que ele representa?
Nos dias que correm, o ritmo de vida de um indivíduo é determinado pelo tempo que ele dispensa na procura da sua realização pessoal. Procura-se um emprego, que permita a aferição de um ordenado para garantir a realização de todos os sonhos idealizados. Sonhos esses que passam invariavelmente pela constituição de uma família, a compra de uma casa, de um carro….e todos sabemos o resto. Mas, será que a concretização destes ideais justifica escolhas mal feitas, decisões mal tomadas que comprometem a nossa qualidade de vida?
Sem questionar a origem desses sonhos, é óbvio considerar – principalmente nos tempos de crise que correm – que muitas pessoas, perseguindo essas metas, hipotecaram a sua qualidade de vida. Ora pelas dívidas que acumularam, ora por se deixarem cegar pela pressão da sociedade que obriga a um padrão de comportamento que se rege pelo montante de riqueza acumulado, levando muitas vezes a que abdiquem do que gostem, pois não se encontra dentro das expectativas da família e amigos. Quantos jovens, prestes a ir para a faculdade, vemos pôr de parte a escolha da sua verdadeira vocação, pois sabem que não estará à altura do que lhes poderá conferir tudo o que desejam? Preferem passar uma vida inteira a trabalhar em algo que não os realiza, mas que lhes dá dinheiro à justa para pagar uma casa a vida inteira, do que optar por uma realização pessoal a todos os níveis.
Para se entender o conceito de qualidade de vida é preciso entender-se o indivíduo em toda a sua plenitude, e não julgá-lo pelo elemento comum traduzido na sociedade em que está. Assim, tentemos esta que não depende de espaço, nem tempo:
- Qualidade de vida é tornar a sua existência descomplicada, é fazer o que lhe dá prazer, com saúde, bem-estar e alegria.

Pedro Pereira

março 13, 2009

Novo site de Yôga


Já está on-line o mais novo site de Yôga em Portugal: http://www.yogaportugal.org/


Conheça todas as representações do Método DeRose em Portugal.


março 09, 2009

O SwáSthya na nova novela da Globo e da SIC


Na nova novela "Caminho das Índias" os actores protagonistas Juliana Paes e Márcio Garcia serão professores de Yôga! E na publicidade eles deviam realizar técnicas corporais impactantes.
Logo da seleção que a produtora realizou durante a semana em várias escolas de Yôga/yoga/yóga da Cidade Maravilhosa foram escolhidos 8 instrutores/alunos…todos eles de SwáSthya! (Instr. Márcio Rossetti do Leblon, aluno Bernardo do Leblon, Instrutores Ana Cláudia Müller, Maria Elisa Dias, Sandro Thomas e Melina Flores de Copacabana, Instrutores Carol e Felipe de Ipanema).

Em palavras da própria assistente de produção que os contratou… ficou claro que Yôga é connosco mesmo!!

O link do video em baixo mostra o dia passado no estúdio da Globo a acompanhar a filmagem, orientando aos actores, decidindo a coreografia que eles iriam fazer e corrigindo.

março 03, 2009

O método

O Método DeRose
O nosso método ensina como respirar melhor, como relaxar, como concentrar-se e cultivar a qualidade de vida através de técnicas corporais belíssimas, fortes, porém que respeitam o ritmo biológico do praticante. A prática completa do Método compreende oito tipos de técnicas de Yôga que, sem ser actividade física nem desportiva, promovem um aperfeiçoamento multilateral do praticante.
Pré-Yôga
Para um melhor aproveitamento por parte do aluno iniciante, oferecemos turmas específicas para quem está a começar, de modo a reforçar a estrutura biológica, reeducar a respiração, purificar o organismo e a descontrair para melhor gerir o stress. Tudo isso respeitando o ritmo de cada um. Por essa razão, as aulas têm um número máximo de 8a 10 alunos, o que permite um acompanhamento individualizado por parte do instrutor.
O Pré-Yôga é um desdobramento do Swásthya heterodoxo que, todavia conquistou identidade própria. Não deve ser confundido com o Yôga em si. Tem uma proposta descomplicada, sem filosofia, sem compromissos, sem sânscrito.
SwáSthya Yôga
O Yôga mais antigo e mais completo do mundo, sistematização do Dakshinacharatantrika-Niríshwarasámkhya Yôga. Codificado pelo Mestre DeRose no séc. XX, que tal como um arqueólogo reuniu fragmentos preciosos e compilou-os, dando forma a esta filosofia milenar, com características únicas, das quais podemos destacar 3:
1. a prática completa em oito partes
2. as regras gerais de execução
3. as sequências coreográficas